terça-feira, 27 de julho de 2010 0 comentários By: nonete

DICAS PRA MÁ CIRCULAÇÃO

COLOQUE NUMA BACIA ÁGUA BEM QUENTE,E OUTRA AGUÁ BEM FRIA,FAÇA UM EXERCICIOS QUATRO MINUTOS COLOQUE O PÉ NA AGUÁ QUENTE E DEPOIS 1 MINUTO NA FRIA FAÇA UMAS 6 VEZES ESTES EXERCICIOS,POR VARIOS DIAS ATÉ SE SENTIR MELHOR,EU FIZ E AGORA ME SINTO BEM MELHOR,


Ginkgo Biloba cápsulas (60 x 500mg)mais super brinde grátis

Código do anúncio: D0JEZLHOKW

R$ 49,90

Comprar

Sua compra protegida

PagSeguro: sua compra garantida ou seu dinheiro de volta.

Conheça todas as formas de pagamento aceitas.

Comprar até:53d 23h (07/04/2011 19:45)

Negociação:Compre já

Tipo de produto:novo

Vendas:9 ver compradores

Visitas:724

Ginkgo Biloba cápsulas (60 x 500mg)mais super brinde grátis - Suplementos e Complementos Nutricionais

o legitimo ginko biloba

ver imagem ampliada

  • o legitimo ginko biloba


quarta-feira, 14 de julho de 2010 0 comentários By: nonete

omega 3


O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 20% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que só recentemente tem sido desvendado.

Você já sabe que os alimentos que comemos influenciam o nosso corpo. Mas o que você não sabe ainda é que eles podem ter muito mais do que uma simples influência no funcionamento do nosso cérebro.

O humor, a motivação e a performance mental estão intimamente ligados aos alimentos que ingerimos.Estudos mostram cada dia mais que algumas substâncias contidas em determinados alimentos podem aumentar a capacidade mental.

Mais de 20% do cérebro é constituído de substâncias gordurosas que desempenham importantes funções. A saúde do nosso cérebro depende não só da quantidade de gordura que ingerimos, mas principalmente do tipo de gordura.

A performance mental exige um tipo específico de gordura encontrado mais frequentemente em peixes, conhecidos como ácidos graxos Omega-3.

Os ácidos graxos Omega-3 são conhecidos por serem componentes fundamentais da membrana externa das células cerebrais. É através dessa membrana que todos os sinais nervosos fluem.

Então a presença de Omega-3 cria um ambiente ideal para a troca rápida de "mensagens" entre as células do nosso cérebro. Se o cérebro para de receber Omega-3, ele procura se adaptar a essa deficiência. Como consequência ele fica "preguiçoso" e as respostas passam a ser mais lentas. Quando esse comportamento é repetido dia-após-dia, o cérebro passa a encarar esse novo estado como sendo o seu novo padrão normal de funcionamento.

É aí que problemas de memória, alterações de humor e dificuldades de aprendizado podem se tornar frequentes.

Estudos mostram que o consumo regular de Omega-3 está ligado aos seguintes benefícios:

  • boa concentração;
  • boa memória;
  • motivação;
  • boas habilidades motoras;
  • boa velocidade de reação;
  • neutralização do stress;

As fontes principais de Omega-3 são os peixes de águas profundas e frias (salmão, atum, bacalhau, arenque, cavalinha, sardinha, truta) e os óleos de peixe.

Para quem não gosta ou não inclui os peixes ou os óleos de peixe no cardápio, as sementes de linhaça e o óleo de linhaça são as melhores alternativas como fonte de Omega-3.

Além de todos esses benefícios para o cérebro, o Omega-3 atua na redução dos níveis de triglicérides e consequentemente reduzir os riscos de doença do coração. Mas sobre isso é muitos outros benefícios falaremos no próximo artigo sobre ele.

No CorpoPerfeito você encontra ótimas opções de suplementos contendo Omega-3 quer comprar é só clicar nete link__http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-149246252-super-kit-c3-omega-3-500-mg-100capsgratis-brinde-special-_JM

ginkobiloba

ginkobiloba


Foi a primeira vez que se vislumbrou uma relação entre a ginkgo e o combate ao câncer de ovário. "Como o nosso estudo é pioneiro, as conclusões precisam ser confirmadas por novos trabalhos", disse à SAÚDE! Daniel Cramer, diretor de Obstetrícia e Ginecologia Epidemiológica do Brigham and Women's Hospital, ligado à Escola Médica Harvard, nos Estados Unidos. "Até que outras investigações sejam feitas, acredito que mulheres com mais de 50 anos e histórico familiar de câncer de ovário deveriam considerar tomar ginkgo", diz ele.

Quando se fala em tumores em geral, o relatório de Cramer não é tão inovador assim. Mais de 50 estudos sobre ginkgo e câncer já foram catalogados. Em 2002 uma pesquisa conduzida pelo grego Vassilios Papadopoulos mostrou em laboratório e em testes clínicos que a ginkgo inibe o crescimento agressivo de tumores de mama. Também existem trabalhos sobre câncer cerebral e de fígado. "Essa já não é uma área de pesquisa em sua infância", diz Nise Yamaguchi, pesquisadora da USP e vice- presidente do Núcleo de Apoio ao Paciente com Câncer, em São Paulo. "Já existem muitos estudos consistentes. E com conclusões parecidas."

A maneira como a ginkgo e seus componentes agem em escala celular ainda não foi totalmente decifrada, mas há algumas hipóteses. "Talvez a planta esteja envolvida com a habilidade do organismo de causar apoptose, a morte programada de células defeituosas", diz Cramer (veja infográfico na próxima página). Outras estratégias descritas em diferentes trabalhos são sua habilidade para inibir os vasos que alimentam o câncer e sua capacidade de evitar danos ao DNA. Esses efeitos são obtidos por meio da ação de duas substâncias, os terpenóides e os bioflavonóides. Os primeiros viraram objeto de estudo mais recentemente. Os bioflavonóides, contudo, são conhecidos de longa data. Agem como antioxidantes, combatendo os radicais livres e impedindo o envelhecimento. Ambos fazem parte do mesmo extrato, o EGb 761 — matéria-prima dos comprimidos vendidos em farmácias.

O comprimido de ginkgo biloba desencadeia diversas reações que vão desde os pés até os ouvidos. Os vasos sangüíneos se dilatam e o sangue fica menos viscoso (mais "fino", como se diz). Assim, corre mais rápido, com mais facilidade, e alcança melhor os lugares mais distantes do coração. O labirinto, estrutura que pertence ao ouvido, passa a ser mais bem irrigado e oxigenado, o que ajuda a acabar com tonturas e zumbidos. As áreas do cérebro responsáveis pela memória e pelo raciocínio ficam mais despertas. O fluxo mais intenso também acaba com as dores nos braços e nas pernas, comuns na terceira idade. "A ginkgo produz muitos resultados e por isso divide com a ervade- são-joão o título de planta mais estudada na atualidade", afirma João Batista Calixto, professor de farmacologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e autoridade brasileira em medicamentos fitoterápicos.

Entre todas as benesses creditadas à planta, uma passou a ser questionada recentemente. É a que se refere à contribuição da ginkgo aos pacientes com Alzheimer. "Possivelmente o benefício seja alcançado apenas se a droga for utilizada de forma preventiva, anos antes do início da doença", diz Orestes Forlenza, psiquiatra e pesquisador do Laboratório de Neurociências da Universidade de São Paulo. "Os estudos clínicos da ginkgo para o tratamento de demências não demonstraram vantagens consistentes, possivelmente porque já era tarde demais e o tamanho do efeito era muito pequeno para modificar o curso clínico", explica o pesquisador, que fez uma revisão da literatura médica sobre o assunto.

São raros os casos de efeitos colaterais advindos da ingestão de ginkgo, mas não se pode ignorá-los. O remédio possui tarja vermelha e só pode ser vendido com receita médica (a dose máxima recomendada é de 240 mg/dia). Esse cuidado existe porque, ao dilatar os vasos sangüíneos, a ginkgo pode provocar enxaqueca e aumentar a sensibilidade da pele, causando alergias. Esse problema é maior nas cápsulas de pó macerado e nas folhas para chá, vendidas em lojas de produtos naturais. Além de ter a eficiência questionada (veja o quadro na próxima página), elas possuem grandes quantidades de um ácido capaz de irritar a pele. Ao afinar o sangue, a planta também pode causar sangramentos (antes de submeter um paciente a cirurgia, os médicos costumam pedir que cesse a ingestão do comprimido). Na bula do medicamento há ainda advertências com relação a distúrbios gastrointestinas e queda de pressão arterial. "A ginkgo é uma planta segura, mas deve ser usada com cautela", resume o americano Daniel Cramer.
terça-feira, 13 de julho de 2010 0 comentários By: nonete
ROUQUIDÃO

Pique um quiabo em várias rodelas. Em seguida coloque
em água fervente e abafe. Coe a infusão (ver Preparação
de Medicamentos) e beba. Gargarejos feitos com mel dis-
solvido em água morna também são eficientes.

Outra receita, esta mais saborosa, é rechear uma maçã
com mel e colocá-la para assar até que fique levemente
tostada. Comer quando ainda estiver em jejum.

Colocar no forno algumas ameixas secas sem caroço; quan-
do estiverem bem duras, socá-las até que fiquem reduzi-
das a pó. Então, aquecer uma xícara de água e misturar
uma pitada do pó obtido. Acrescentar uma colherinha de
mel. Beber ainda bem quente, sem coar.

Misturarem uma tigela 50 g de óleo de amêndoas doces e
uma gema de ovo. Bater bem com um garfo, por uns dez
minutos. Em seguida, acrescentar 50 g de xarope de altéia
(pode ser encontrado em farmácias) e mais 10 g de água
de flor de laranjeira. Tomar, em pequenos goles, no espaço
de uma hora.

Cozinhar 100 g de cenoura, esmagar e misturar à água do
cozimento. Adoçar com uma colher de mel e beber quando
ainda estiver bem quente.

Ferver 30 g de folhas e flores secas de pulmonária num
litro de água. Quando o líquido obtido estiver m orno, coar
e beber várias xícaras durante todo o dia. Se preferir, colha
várias folhas da mesma planta e lave-as. Depois, coloque-
as num guardanapo, apertando-as bem para fazer sair todo
o suco possível. Adoce com mel e tome três colheres ao
dia.
VÔMITOS

No caso de vômitos decorrentes de enjôos no início da
gravidez, preparar um chá com 100 g de canela em 1/2
litro de água fervente. Ferver até que a quantidade de água
esteja reduzida à metade. Tomar o chá enquanto ainda
estiver morno.

Outra receita que apresenta excelentes resultados é colo-
car uma colher de sopa de fubá de milho num copo de
água. Deixe que o fubá se acumule todo no fundo do copo.
Tomar uma colher dessa água, sem agitar o fundo do copo,
de 3 em 3 horas.
VITILIGO

Para conseguir obter a cura do vitiligo, que se caracteriza
por manchas brancas sobre toda a pele, o paciente deve
comer agrião roxo (salada), no almoço e no jantar, diaria-
mente, até que as manchas tenham desaparecido por com-
plet
VISTA CANSADA

Ferver, em 1 litro de água, duas rosas brancas. Aplicar em
forma de compressa sobre os olhos.
VERTIGEM

Acrescentar uma colherinha de folhas de alfavaca, secas,
num cálice de água fervente. Tomar apenas quando a verti-
gem se manifestar.

Colocar três quartos de litro de azeite de boa
qualidade num recipiente com tampa. Acrescentar um pu-
nhado de flores frescas de alfazema. Tampar bem e deixar
descansando num local arejado por 20 dias. Coar o óleo.
Colocar algumas gotas na água e tomar quando sentir que
a vertigem vai se manifestar.

Para o caso de vertigens de origem nervosa,
beber uma infusão (ver Preparação de Medicamentos) fei-
ta com uma pitada de flores de primavera em uma xícara
de água fervente. Deixar em infusão por 10 minutos.
VERRUGAS

Corte uma banana-maçã verde ao meio e aplique diaria-
mente sobre a verruga.

Aquecer um punhado de folhas frescas de calêndula, cuida-
dosamente lavadas, mergulhando-as em água quente. Dei-
xar escorrer e estender sobre uma gaze, amassando-as
para fazer sair o sumo. Aplicar sobre a verruga. Renovar o
curativo uma vez ao dia.

Coloque num vidro meio litro de vinagre forte mais a casca
de dois limões grandes. Deixe descansar durante uma se-
mana e depois aplique sobre a verruga pelo menos duas
vezes ao dia.
Se preferir, ainda, coloque sal sobre a verruga e cubra com
uma gaze, fixando-a com esparadrapo. Troque o curativo
a cada dois dias ou então passe no local pedaços de ma-
mão verde. Repita a operação durante uma seman
VARIZES

Colocar um punhado de bagas de cipreste trituradas para
cozinhar num litro de água. Coar quando estiver morno e
aplicar sobre as áreas afetadas.
Se preferir, aplique diariamente sobre as partes atingidas
pelas varizes um chá feito com meio copo d™água, 1/3 desta
quantidade de óleo de mamona e sal.

Outra receita eficiente para combater as varizes tem como
base o abacate. Corte três caroços da fruta e passe-os no
liqüidificador. Acrescente um litro de álcool. Guarde a mis-
tura num frasco bem tampado e deixe descansar por três dias.
Depois, faça massagens com essa solução nas partes atingidas.
ÚTERO

Para acabar com as cólicas uterinas, faça uma infusão (ver
Preparação de Medicamentos) com flores de espinheiro-
alvar dessecadas. Coloque uma colherinha de flores para
uma xícara de água fervente. Adoçar com mel. Tomar duas
xícaras ao dia. Esta infusão deve ser ingerida ainda quente.

No caso das hemorragias uterinas, ferver 60 g da raiz de
hidraste num litro de água. Filtrar o liquido enquanto estiver
morno. Tomar de duas a três xícaras ao dia, adoçando
como preferir.
URTICARIA

Preparar um vinagre de rosas, fervendo m elo litro de vina-
gre de vinho puro. Em seguida, colocá-lo numa garrafa
acrescentando algumas pétalas de rosas frescas. Fechar
bem a garrafa e deixá-la tomar sol por quinze dias. Depois
de curtido, passar o vinagre obtido, com um algodão, so-
bre a pele avermelhada pela urticária.
URINA

Urina presa - Junte dez sementes de melancia. Soque-as e
coloque para ferver. Adoce como desejar. Tome uma xíca-
ra de chá a cada oito horas.
Urina solta Fazer um chá bem forte de centáurea mistura-
da com catinga-de-bode. Para isso, ferva varias folhas das
duas ervas, misturadas. Se preferir, adoce com mel.
UNHAS

problemas de vicios de roer unhas Para acabar com o vício de roer unhas, basta esfregar um
pouquinho de pó de babosa em cada um dos dedos. 0
sabor, muito amargo, acabará cortando o vício. Esta recei-
ta é indicada sobretudo para crianças.

Já para problemas de unhas infeccionadas, coloque uma
folha de couve sobre uma chaleira com água fervente e
espere alguns minutos. Quando a couve adquirir uma colo-
ração verde escura, coloque-a sobre a unha, cobrindo com
uma gaze. Repita o curativo, pelo menos, três vezes ao
dia. No caso das unhas quebradiças, aplique sempre que
possível um pedaço de batata crua sobre as unhas e deixe
agir por alguns instantes.
ULCERAS

Chá de folhas de framboesa é bom para resolver este pro-
blema. Se preferir, tornai uma colher de mel, em jejum,
durante um mês. Ou ainda, para perrnitir uma rápida cica-
trização, faça durante quinze dias um chá com cascas de
cajueiro misturadas com casca de romã e tome um copo
três vezes ao dia, diariamente, quinze minutos antes das
refeições.
Para acabar com as úlceras de pele, fazer compressas com
folhas e flores secas de amor-perfeito,- misturadas com
leite frio. É um excelente remédio para estimular sua cica-
trização. Ou então, faça um chá de caroba e tome uma
dose a cada oito horas, durante dez dias.
TUMORES

Pegue alguns quiabos frescos e amasse-os dentro de
uma vasilha, misturando azeite doce e levando ao fogo
brando. Ponha esta mistura sobre uma gaze e coloque-a
presa sobre o tumor, que em breve estará cicatrizado. Se
preferir, lave uma folha de capeba e toste-a no fogo, de-
pois aplique óleo ou azeite em toda a sua extensão. Para
aplicar, adote o mesmo procedimento da receita anterior.
TRAUMATISMOS

Após levar um tombo, aplique nas partes do corpo que
ficaram doloridas compressas à base de arnica e também
ingira, num pouco d™água, 40 gotas da mesma arnica. Ou
então, rale um inhame e um gengibre, crus, e vá misturan-
do-os até se transformarem numa papa. Passe esta papa
sobre o local afetado pelo tombo e enfaixe logo em segui-
da. De preferência faça isto à noite, antes de ir se deitar. No
dia seguinte, as dores já terão desaparecido.
TRAQUEIA

Para acabar com as inflamações na traquéia, ferva meio
litro de água e coloque 15 g de flores de hipérico. Deixe
esfriar e coe logo em seguida. Beba várias xícaras durante
todo o dia.

Pingar algumas gotas de essência de terebentina (encon-
trada nas farmácias), em uma bacia com água fervente.
Colocar a cabeça sobre o recipiente com uma toalha gros-
sa sobre ela. Assim, você poderá aspirar os vapores exala-
dos.
TOSSE

Esquentar uma xícara de água e adicionar duas colheres de
suco de abacaxi e uma colher de mel. Beber bem quente
antes de se deitar.

Colocar em infusão (ver Preparação de Medicamentos)
numa xícara de água fervente uma pitada de folhas e flores
secas de altéia, um pedaço pequeno de alcaçuz, um peda-
ço também pequeno de semente de anis e de verbasco.
Coar e adoçar com mel.

Ferver uma xícara de água e colocar em infusão (ver Pre-
paração de Medicamentos) 10 g de, frutos de felândrio.
Após cinco minutos, coar e beber. Se preferir, macerar (ver
Preparação de Medicamentos) por dez dias em um litro de
vinho branco de boa qualidade, 200 g de frutos esmagados
de felândrio. Coar e guardar numa garrafa bem tampada.
Tomar quatro colheres ao dia.

Juntar 20 g de eucalipto, 10 g de alcaçuz e 5 9 de canela e
ferver todos esses ingredientes em meio litro de água, por
três minutos. Deixar o líquido esfriar por dez minutos e
coar logo em seguida. Adoçar com mel e tomar uma xícara
pela manhã e outra à noite, antes de ir se deitar.

Chá de orégano adoçado com mel também é um bom
remédio contra a tosse. Outra receita é juntar numa vasi-
lha alguns talos de agrião e um pouco de açúcar. Leve tudo
ao fogo até se transformar num xarope. Depois de pronto,
coe e tome três colheres ao dia.

Quando tiver um acesso de tosse, misture um pouco de
pimenta-do-reino moída com açúcar e engula.
TORCICOLO

Em água e sal cozinhe um pedaço de fumo-de-rolo.
Massageie o local por alguns minutos. Outra receita eficien-
te é ralar uma batata-doce e cozinhá-la com sal, sem cas-
ca, até que vire uma papa. Em seguida, aplique sobre a
região afetada.
TONTURA

Para se livrar do incômodo das tonturas, aspire profunda-
mente pó de café durante, pelo menos, dois minutos ou
então tome um copo de leite morno sem açúcar.
TÉTANO

Para evitar o tétano em conseqüência de um machucado,
coloque meio limão para esquentar e, quando estiver mor-
no, aplique sobre o machucado.
TERSOL

Aplicar algumas fatias de gengibre sobre o local. Compres-
sas com chá de camomila também são eficientes.
TÊNIA

Retire a casca de 50 g de semente de abóbora e amasse-
as com 20 g de mel e um pouco de água, na qual anterior-
mente já estiveram em infusão (ver Preparação de Medi-
camentos), por algumas horas, um pedaço de casca de
limão ou laranja. Fazer jejum por 12 horas e ingerir a pasta
obtida. Após 5 horas tomar um laxativo (purgante) à base
de óleo de rícino (encontrado nas farmácias). Se a tênia
não for expelida na primeira vez, repita a operação.
TAQUICARDIA

0 chá de folhas de alecrim é bastante indicado para comba-
ter esse problema. A infusão (ver Preparação de Medica-
mentos) de folhas e ramos dessa planta numa garrafa de
vinho branco também é um excelente remédio.
SUOR

Para conter os odores da transpiração excessiva, tanto dos
pés como das axilas, fazer lavagens freqüentes com uma
infusão (ver P5i~paração de Medicamentos) obtida colo-
cando 15 g de cascas de carvalho em um litro de água
fervente.

Outra receita é misturar suco de limão galego com cinza de
carvão e aplicar nas axilas ou pés.

No caso do suor- dos pés, ferver um punhado de bagas de
louro em um litro de água por 20 minutos. Deixar em infu-
são (ver Preparação de Medicamentos) até que esteja com-
pletamente frio. Então, esmagar as bagas para que liberem
todo o seu líquido. Coar e colocar numa
bacia com água quente. Banhar os pés deixando-os de
molho por, pelo menos, meia hora.

Suor frio -
As pessoas que têm esse problema devem beber, diaria-
mente, antes de se deitar, uma decocção (ver Preparação
de Medicamentos) que pode ser obtida fervendo-se, por
dois minutos, 40 g de sálvia num litro de água.
SOLUÇO

Colocar algumas gotas de limão sobre um torrão de açú-
car. Se persistir, engolir uma colher de suco da mesma fru-
ta.

Colocar em infusão (ver Preparação de Medicamentos) num
cálice de água quente uma pequena porção de sementes
de endro. Coar, adoçar e beber após - as refeições.

Coloque dez gotas de rum num copo com água morna e
beba lentamente.
SOLITÁRIA

Diariamente, pela manhã, quando ainda estiver em jejum,
coma a maior quantidade possível de coco-da-baía. Em
seguida, tome três copos de vinho de boa qualidade.
SINUSITE

Exclua de sua alimentação o leite e seus derivados durante
duas semanas ao mês. Ou então, embeba um lenço com
álcool e aspire profundamente. Repita a operação varias
vezes ao dia.

Corte uma buchinha-do-norte, ferva e inale os vapores por
cinco minutos. Faça quantas inalações achar necessárias.
SARNA

Espremer algumas folhas de tussilagem fresca para que
liberem todo o seu s,um o. Em seguida, ensopar alguns
pedaços de gaze, que devem ser aplicados nas partes
afetadas.

Cozinhe o bulbo do alho (parte central onde se fixam os
dentes), amasse e coloque sobre a região infectada.

Misturar folhas de aipo, moídas, com sal e vinagre. Ou en-
tão, coloque para ferver num litro de água, 20 9 de arruda.
Antes de ir dormir, aplique sobre as partes afetadas.
SARDAS

Faça massagens sobre as regiões onde elas aparecerem
utilizando uma mistura feita com uma colher de chá de
suco de limão, água oxigenada 10 volumes e uma colher
de glicerina.

Claras em neve também costumam acabar com as sar-
das. Aplique-as e deixe secar. Depois lave o rosto utilizando
um sabonete neutro. Repita a operação por, pelo menos,
quinze dias.

Se preferir, corte uma beterraba ao meio e passe no rosto
diariamente.

Outra receita que apresenta bons resultados é ferver unia
xícara de água e colocar em infusão 5 g de raízes de
genciana. Quando o líquido estiver morno, lavar o rosto. 0
uso diário desse preparado faz com que as sardas vão
clareando, tomando-se cada vez menos visíveis.
SARAMPO

Misturar 25 g de bardana em um quarto de litro de água.
Adoçar e dar uma colher da bebida à criança doente, a
cada cinco minutos. A erupção cutânea desaparecerá em
poucas horas.

Ferver 110 g de folhas de urtiga em um litro de água, por
aproximadamente dez minutos. Coar e beber uma xícara
do líquido obtido a cada uma hora.

Outra receita é fazer um chá com as flores do sabugueiro.
Tomar quando estiver frio, bem devagar.

SAPINHO,nos bebês

Estas manchas brancas que aparecem na mucosa bucal
são muito comuns em crianças. Para acabar com o sapi-
nho, aplique mel com um algodão diretamente sobre o lo-
cal atingido. Logo após as primeiras aplicações, as man-
chas começarão a desaparecer. Ou então, ponha sobre a
parte atingida sal em pedra durante cinco minutos. Repetir
a aplicação três vezes ao dia.

No caso do sapinho aparecer em bebês, lave a boca da
criança com caldo de tomate maduro ou cozinhe feijão
sem tempero e passe somente o caldo na região afetada.
Repetir a aplicação de três a quatro vezes ao dia.

Já para curar sapinho em bebês recém-nascidos, colocar
uma colher de chá de bicarbonato de sódio na água em
que for esterilizar a chupeta.
RUGAS

Para combater as rugas indesejáveis, esfregue mamão
maduro sobre a pele. Ou então misture mel, com gotas de
limão e aveia. Aplique no rosto limpo e deixe agir por 20
minutos. Retire com água morna, sem utilizar sabonete.
Repita a mesma operação a cada quinze dias.

No caso das rugas iniciais ou precoces, prepare uma loção
para passar no rosto, utilizando 20 g de bulbo de lírio mis-
turado à mesma quantidade de mel e 10 g de cera branca,
derretida. Aplique sobre o rosto.

Para combater as rugas que aparecem ao redor dos olhos,
aplique em volta dos mesmos iogurte natural misturado
com um pouco de mel. Deixe agir por aproximadamente
quinze minutos e enxágue com água fria.

Rugas nos lábios -
Passe todas as noite, antes de deitar-te, um pouco de
lanolina. Eles ficarão lisos e macios.
domingo, 11 de julho de 2010 0 comentários By: nonete

RUGAS

RUGAS

Para combater as rugas indesejáveis, esfregue mamão
maduro sobre a pele. Ou então misture mel, com gotas de
limão e aveia. Aplique no rosto limpo e deixe agir por 20
minutos. Retire com água morna, sem utilizar sabonete.
Repita a mesma operação a cada quinze dias.

No caso das rugas iniciais ou precoces, prepare uma loção
para passar no rosto, utilizando 20 g de bulbo de lírio mis-
turado à mesma quantidade de mel e 10 g de cera branca,
derretida. Aplique sobre o rosto.

Para combater as rugas que aparecem ao redor dos olhos,
aplique em volta dos mesmos iogurte natural misturado
com um pouco de mel. Deixe agir por aproximadamente
quinze minutos e enxágue com água fria.

Rugas nos lábios -
Passe todas as noite, antes de deitar-te, um pouco de
lanolina. Eles ficarão lisos e macios.
RINS

Cálculos renais -
Aquecer um litro de vinho, retirando-o do fogo quando co-
meçar a ferver. Acrescentar uma colher de caroços de
nésperas, secos e moídos, ou frescos e cortados aos pe-
daços. Quando esfriar, coar o líquido obtido e colocá-lo em
uma garrafa. Tomar um Cálice após as refeições.

Inflamações -
Colocar em infusão (ver Preparação de Medicamentos) 30
9 de folhas e flores de nenúfar. Coar o líquido quando esfri-
ar e beber vários cálices durante o dia. Ou então, cortar em
pedacinhos 20 g de casca de carvalho, misturar com 20 g
de cabelo de milho. Colocar tudo num litro de água e ferver
por 10 minutos. Coar e beber três xícaras ao dia.

Cólicas -
Ferver 50 g de camomila, 30 g de raízes de salsa e 20 g de
parietária em um litro de água, por aproximadamente 5
minutos. Coar e adoçar a gosto. Beber de duas a três xíca-
ras ao dia.
REUMATISMO

Coloque algumas sementes de sucupira num litro de vinho
branco de boa qualidade. Deixe. macerar (ver Preparação
de Medicamentos) por algum as horas. Tom e, diariamen-
te, um cálice quando ainda estiver em jejum.

Ponha uma folha de samambaia comum num recipiente
com água quente. Deixe descansar por algumas horas. Beba
o liquido obtido duas vezes ao dia. Outra opção, é banhar a
parte dolorida com chá de capim-gordura, tomando tam-
bém algumas xícaras do chá.

Fricções com álcool canforado no local onde se apresen-
tam as dores também podem ajudar a solucionar o proble-
ma.

Ferver em fogo brando, por 10 minutos, um litro de água
com 40 g de raízes e ramos de aipo, 30 g de raízes de
salsa e 30 g de parietária. Deixar esfriar e coar. Beber três
xícaras ao dia.

Em um litro de água, ferver 60 g de casca de buxo por
quinze minutos. Adoçar à vontade e beber durante todo o
dia.

Colocar 5 g de folhas secas de calandrina num cálice de
aguardente. Após cinco dias coar, espremendo bem as fo-
lhas para que liberem todo o seu liquido. Guardar num reci-
piente bem fechado e fazer fricções nas regiões atingidas
pelo reumatismo.

Ferver por quinze minutos 20 g de sumidades floridas de
resedá (galho com folhas e flores). Deixar descansar por
dez minutos, coar e beber em seguida.
RESSACA

Para curar uma boa ressaca, tome uma colher bem cheia
de mel. Um copo de iogurte natural antes de deitar-se tam-
bém pode ajudar a resolver o problema. Para se prevenir,
você pode ainda tomar uma colher de azeite antes de co-
meçar a beber. E caso não se sinta em condições de ingerir
nada, misture duas gotas de amoníaco em um copo d™água
e aspire o liquido com força. 0 mal-estar é interrompido na
hora.
RESFRIADOS

Quando os resfriados custam a acabar, provocando uma
sensação de peso, além de dores de cabeça, é útil provo-
car uma série de espirros aspirando pó de raiz de alfavaca.

Chá de madressilva misturado com limão e adoçado com
mel é também um bom remédio.- Assim como chá de ale-
crim, com melissa e alguns cravos-da-índia. Tomar quando
ainda estiver quente.

Outra receita para com bater os resfriados é moer, até
ficar reduzido a pó, um punhado de flores e folhas secas de
verbasco e aspirar uma pitada com cada narina. Os espir-
ros provocados liberam o muco do nariz e aliviam as do-
res-de-cabeça.
RAQUITISMO

Para combater o raquitismo infantil, as folhas de nogueira
apresentam bons resultados. Para preparar o medicamen-
to, ferva dois litros de água e acrescente algumas folhas
secas de nogueira. Depois coe e despeje o líquido em uma
banheira ou bacia grande, adicionando a quantidade de água
quente necessária para banhar a criança.
RACHADURAS

Rachaduras no bico dos seios -
Aplique no local, 3 vezes ao dia, uma calda de açúcar quei-
mado com hortelã. É bom lembrar que a mistura só deve
ser aplicada boa qualidade, 15 g da raiz dessa planta moí-
da. Deixar quando estiver fria. Macerar (ver Preparação de
Medicamentos) por sete dias.

Rachaduras nos calcanhares -
Coloque numa vasilha com água morna vasilha com água
morna algumas pedras pequenas de pedra ume. Deixe os
pés de molho por aproximadamente quinze minutos. Repi-
ta a operação até que as rachaduras desapareçam.

Rachaduras nos lábios -
Aplique sobre eles uma mistura de mel com glicerina, até
que cicatrizem.
QUEIMADURA NOS OLHOS

Para acabar com a dor provocada quando os o1hos são
atingidos por faiscas de solda, colocar algumas fatias de
batatinha sobre o olho atingido. Além disso, fique com ele
vendado.
QUEIMADURA NA BOCA

Para que você volte a sentir o paladar das coisas depois de
queimar a língua ingerindo alimentos muito quentes. lave-a
com leite. Assim acabará aquela sensação de ardência que
impede a identificação do paladar. Outra alternativa é es-
fregar sal.
QUEIMADURA FEITA POR ANIMAIS

No caso das queimaduras provocadas pelo contato com
águas-vivas, aplique imediatamente espuma de sabão neu-
tro sobre o local afetado.

Para as queimaduras provocadas por lagartas ou taturanas,
uma opção é matar o animal que provocou a queimadura e
colocar sobre o local atingido um líquido verde que ele sol-
ta. Amônia aplicada sobre a queimadura também proporci-
ona alivio imediato.
QUEIMADURAS

Claras em neve também ajudam a impedir a formação de
bolhas, além de proporcionar uma sensação de alivio.

Vinagre de rosa é ainda outro eficiente medicamento para
as queimaduras. Para prepará-lo, basta ferver vinagre de
vinho branco e colocá-lo em uma Qarrafajunto com™ um
punhado de pétalas de rosas frescas. Tampar bem o recipi-
ente e deixá-lo exposto ao sol por 15 dias. Depois coar o
liquido obtido e aplicar com um chum aço de algodão sobre
a região afetada. É eficiente também contra a urticária e
picadas de abelha.

Já para aliviaras dores provocadas pelas queimaduras de
sol, embeba um tecido de algodão com iogurte natural ge-
lado e aplique na forma de compressas sobre as partes
atingidas. Chá preto é ainda um outro recurso que pode
ser utilizado para amenizar as dores (ver outras receitas
em Pele).
PRISÃO DE VENTRE

Diariamente, ainda em jejum, beba duas xícaras de água
fervida adicionando dois limões espremidos e da uma polenta
mole, voltar a aquecê-la em fogo brando até começar a
ferver.
PRESSÃO BAIXA

Colocar 30 g de raízes dessecadas, mas não moídas, em
um litro de água. Ferver e mistura por dois minutos e coar.
Tomar de duas a três xícaras ao dia.

Outra receita é ferver alguns pauzinhos de canela numa
xícara de água açucarada. Tomar quando estiver morno.
Se preferir pode, ainda, engolir uma colher de sal. Uma
xícara de café com leite, quente, também pode ajudar a
elevar pressão.
PRESSÃO ALTA

Para acabar com o problema da pressão arterial alta fazer
uma efusão ( ver Prepação de Medicamentos ) colocando
20 g de sumidades floridas (galhos com flores) de fumária
em 0,20 litro de água fervente. Coar e acrescentar açúcar
ou mel para melhorar o paladar.

Tomar uma xícara por dia, durante uma semana. Se prefe-
rir, pode preparar o xarope. Ferver um litro de água com
40 g de sumidades floridas da fumaria e 800 gramas de
açúcar. Depois de meia hora, coar o xarope com um tecido
fino e guardar numa garrafa. Tomar três cálices durante o
dia.

Ou então, coloque- para ferver uma colher de chá de alpis-
te em um litro de água. Deixe ferver até que o líquido fique
reduzido à quantidade de um copo. Tome o chá duas vezes
por semana, não mais. Chá de miolo de chuchu também é
eficiente. Tome uma xícara a cada três horas.

Suco de repolho temperado também é eficiente para resol-
ver o problema. Para preparar, pique a cabeça de um repo-
lho cru e salpique algumas pitadas de sal. Bata no liqüidificador
e tome um copo pela manhã. Se preferir pode também
comer bananas ainda em jejum.

Para resolver o problema da prisão de ventre em bebês,
acrescente uma colherde café de mel à mamadeira.
ESTE REMEDIO NÃO CURA MAIS AUXILIA NA CIRCULAÇÃO SANGUINEA ,CONTINUE TOMAR SEUS REMEDIOS INDICADO POR SEU MÉDICO


Ginkgo Biloba cápsulas (60 x 500mg)mais super brinde grátis

Código do anúncio: D0JEZLHOKW

R$ 49,90

Comprar

Sua compra protegida

PagSeguro: sua compra garantida ou seu dinheiro de volta.

Conheça todas as formas de pagamento aceitas.

Comprar até:53d 23h (07/04/2011 19:45)

Negociação:Compre já

Tipo de produto:novo

Vendas:9 ver compradores

Visitas:720

Ginkgo Biloba cápsulas (60 x 500mg)mais super brinde grátis - Suplementos e Complementos Nutricionais

o legitimo ginko biloba

ver imagem ampliada

  • o legitimo ginko biloba





PÓLIPOS NASAIS

Pólipos nasais são excrescências, uma espécie de tumor
que cresce na superfície de determinados órgãos, que apa-
recem em certas mucosas. No nariz, o problema pode ser
resolvido com uma planta chamada rabo-de-cavalo. Para
preparar o medicamento, basta ferver uma porção de fo-
lhas secas da planta em uma xícara de água. Deixar esfriar,
coar e utilizar o líquido obtido para fazer inalações de duas
a três vezes ao dia, para restabelecer a circulação sanguí-
nea. Esta receita também é eficiente para conter hemorra-
gias no nariz.

PLEURITE

PLEURITE

Macerar (ver Preparação de Medicamentos) por um mês
em 0,20 litro de álcool a 90 graus 100 g de ramos secos
de girassol. 0 recipiente deve permanecer nesse tempo num
local onde receba a luz solar. Depois de uma semana, adici-
onar um litro de vinho branco suave de boa qualidade. Dia-
riamente tome um cálice em jejum e outros no intervalo
entre as refeições. Assim é possível principalmente preve-
nir a febre que acompanha a doença

PIOLHOS

PIOLHOS

Rale um pedaço de pau-paraíba e esfregue sobre o couro
cabeludo. Ou então, faça um chá bem forte de folhas de
arruda, na proporção de 20 g de arruda para um litro de
água, e lave a cabeça.

PICADAS DE INSETOS

PICADAS DE INSETOS

Abelha -
Primeiro, retire o ferrão, com cuidado, utilizando uma pin-
ça. A seguir passe um pouco de vinagre e depois suco de
limão. Ou então coloque uma rodela de cebola sobre o
local. Diminui a dor e desinflama.

Aranha -
Amasse três dentes de alho e coloque sobre o ferimento.

Cobra -
Antes de mais nada, amarre um pano antes e depois do
local da picada para que o veneno não se espalhe pela cor-
po. Em seguida, passe querosene sobre a região atingida e
faça um chá de alho bem forte para beber.
Depois, faça um cataplasma (ver Preparação de Medica-
mentos) com sementes de mostarda, alho e coloque so-
bre a picada. Procure um médico o mais rápido possível.

Escorpião -
Molhe um pedaço de fumo em rolo e passe no local ou
então mate o escorpião e o coloque em um vidro com
álcool. Friccione, de vez em quando, esse liquido sobre a
picada.

Marimbondo -
Ferva um tomate e corte em fadas. Coloque uma delas,
ainda quente, sobre a picada.

Mosquito -
Passe sobre o local da picada uma mistura contendo 5 g de
essência de cravo, com um pouco de clorofórmio, e 90 g
de óleo de amêndoas doces. Guarde em um vidro escuro.

Insetos em geral -
Esfregue algumas folhas frescas de sálvia sobre o local da
picada ou então passe óleo de camomila.

PÉS

PÉS

Pés cansados e frieiras -
Ferver em um litro de água, por meia hora, uma casca de
cajueiro pesando aproximadamente 10 g. Colocar o líquido
obtido em uma bacia com água quente e banhar os pés.
Outra receita é ferver 200 g de folhas de nogueira em 6
litros de água. Banhar os pés diariamente. É indicado tam-
bém para acabar com o suor excessivo nessa região. Ou
ainda, faça um chá de folhas de laranjeira com sal. Ponha
em uma bacia e deixe os pés nessa solução por algum
tempo.

Suor -
Fazer lavagens freqüentes com a seguinte infusão (ver Pre-
paração de Medicamentos ) colocar 15 g de casca de car-
valho em um litro de água fervente.

Ferver, por vinte minutos, um punhado de bagas de louro
em um litro de água. Deixar em infusão (ver Preparação de
Medicamentos) até o resfriamento completo da mistura.
Em seguida, esmagar as bagas para que liberem todo o
seu liquido. Coar e colocar o liquido obtido numa bacia com

PERNAS

PERNAS

Pernas cansadas e doloridas -
Para resolver este por ai. Cada pessoa tem um tipo especí-
fico de pele, problema, lave-as, friccionando bem, com o
líquido do que pode ser seca, oleosa ou ressecada. Feliz-
mente existe cozimento da alfafa. um tipo de tratamento
especifico para cada uma delas.

Pernas inchadas -
Misturar 30 porções peque permitindo que fique mais boni-
ta e com um aspecto mais nas de aroeira em meio litro de
água fervente. Banhar as pernas com o líquido obtido.

Varizes -
Cozinhar, em um litro de água, um punhado de bagas de
cipreste trituradas. Deixar esfriar e coar. Banhar as pernas
com o líquido. Óleo de ipê amarelo também é um medica-
mento eficiente. Outra receita que apresenta bons resulta-
dos é aplicar, diariamente, um chá feito com meio copo
d'água, 1/3 de óleo de mamona e sal.

PELE

PELE

São inúmeros os problemas que atingem a nossa pele. Ve-
jamos alguns remédios naturais eficazes no tratamento de
avermelhamentos, dermatoses, eczemas, erupções,
impetigo, prurido e irritações.

Avermelhamento-
Para os avermelhamentos causados pela ação do vento e
do sol, misturar um copo duplo de suco de agrião com 10
gotas de essência de amêndoas amargas (encontrada nas
farmácias homeopáticas). Aplicar o preparado sobre as re-
giões afetadas.

Eczemas -
Cozinhar em fogo brando 15 g de raízes de alcaçuz, 20 g
de raízes de genciaria, 20 g de raízes de salsa-parrilha, 50
g de raim de bardana, 50 g de raízes; de gramínia, 150 g
de raízes de dente-de-leão em três litros de água. Quando
a mistura estiver fria, coar e beber uma xícara pela manhã,
ainda em jejum, uma no meio da tarde e outra antes de se
deitar.

PANCADAS

PANCADAS

Para evitar os terríveis hematomas misture uma pequena
porção de mastruz, catinga-de-mulata e um nó de pinho
pequeno, picado, em um litro de álcool canforado. Deixe
curtir por duas semanas. Passar nas contusões até esquen-
tar. Para as pancadas mais fortes, misture suco de limão
com vinagre e sal e friccione sobre o local afetado.

OUVIDOS INFLAMADOS

OUVIDOS INFLAMADOS

Misture em uma garrafa de vinho branco de boa qualidade
uma colher de sopa de erva-doce, com pedaços de canela
em pau e algumas raízes; de salsa. Deixe a mistura curtir
por uma semana. Depois de pronta, tome um cálice pela
manhã e outro à noite, diariamente.

Quando um inseto entrar no seu ouvido não se desespere.
Pingue algumas gotas de óleo ou azeite na orelha com a
cabeça virada. 0 inseto será expulso juntamente com o
óleo.

OLHOS

OLHOS

Vários problemas distintos atingem nossos olhos. Vamos
conferir a seguir os medicamentos naturais indicados para
resolver cada caso:

Conjuntivite e inflamações - Ferver 25 g de folhas secas de
agave em meio litro de água. Fazer compressas mornas
com uma gaze limpa. É indicado contra as inflamações e
também contra as irritações. Outra receita eficiente, indicada
especialmente para as inflamações, é colocar em infusão
(ver Preparação de Medicamentos), numa vasilha de água
quente, uma porção de folhas frescas de cerófilo. Deixar
esfriar, coar e fazer compressas sobre os olhos.
Olhos congestionados - Colocar rodelas de pepino fresco
sobre as pálpebras e deixar agir por alguns minutos.

Olheiras - Para acabar com as olheiras que prejudicam nosso
visual, faça um chá de pétalas de rosas brancas. Deixe es-
friar. Com um algodão, aplique o chá sobre as olheiras e
deixe agir por alguns minutos. Pode ainda aplicar sobre os
olhos fechados compressas de chá preto ou de chá de
camomila.

OBESIDADE

OBESIDADE

Contra a obesidade, ferva em três quartos de litro de água
40 g de raízes de aspargo. Beber a mistura durante todo o
dia, inclusive antes do café da manhã.
e Outra receita é fazer um chá com cinco folhas do pé de
graviola e um jiló cortado ao meio. Tomar três doses diári-
as.

Ou ainda ferver 25 g de folhas frescas de malva em meio
litro de água, por cinco minutos. Coar e beber quando esti-
ver em jejum durante aproximadamente 40 dias. Se prefe-
rir, pode macerar (ver Preparação de Medicamentos) por
duas semanas em um litro de vinho tinto ou rosé de boa
qualidade, 65 g de sumidades; floridas de marroio. Coar e
conservar uma garrafa bem tampada. Beber um cálice após
as refeições.